Imaginação e Visualização

É exatamente o que parece. A imaginação é a origem de todas as coisas produzidas pelos humanos. É o instrumento vital que será utilizado em magia mais do que qualquer outro.

A imaginação é uma necessidade na adivinhação para decifrar o simbolismo. É também necessária na visualização exata daquilo que precisa durante a prática da magia.

A imaginação não é um devaneio mental descontrolado. Como a obra de um talentoso artista que, pelos pincéis e tintas, produz uma tela completa e acabada, a imaginação pode ser utilizada para produzir uma imagem perfeita de sua necessidade.

A imaginação é a habilidade de usar sua mente de modo criativo. A palavra "criativo" está ligada a "criação". Num sentido real, você "cria" aquilo que imagina, ou visualiza, como também se diz. Este é um dos fundamentos da magia: visualização, feita por sua imaginação.

Certamente você é capaz de, neste instante, visualizar uma quente praia havaiana, mesmo sem nunca ter estado lá. Pode também visualizar uma margarida, ou um telefone.

Na magia, a imaginação é usada para visualizar a necessidade.

Se por algum motivo a visualização da necessidade é impossível, visualize um símbolo que corresponda a ela. Uma pomba para a paz, ou uma rosa para o amor.


Scrying

Um dos métodos de adivinhação mais utilizados, o scrying consiste simplesmente em olhar para um vaso, superfície ou material. Métodos de scrying englobam uma ampla variedade, utilizando de tudo, desde fogo até água.

O segredo do scrying é o relaxamento. Se estiver tenso, com seus olhos desesperadamente em busca de símbolos, não funcionará.

Relaxe e olhe. Os símbolos virão até você.

Pode parecer simples demais, mas é verdade. Alguns métodos são mais eficazes que outros, portanto a experiência prática é fundamental para descobrir aquele que melhor lhe serve.

O scrying funciona devido a vários fatores. Os padrões aleatórios de montinhos de terra, ou das ondas de um riacho, ou da brasa brilhante de uma fogueira que se apaga, permitem que a mente consciente relaxe seu controle e que o subconsciente sussurre em seus ouvidos, indicando os símbolos com os quais você pode destravar as respostas às suas questões, ou antever seu futuro.

Com prática, pode se tornar muito eficaz.

Forma extremamente poderosa de magia, a concentração – reter um pensamento ou imagem, ou figura, na mente sem interrupção de outros dados e idéias – é fundamental para muitos encantamentos e rituais.

A lógica é clara – aquilo que mantemos em mente e em que nos concentramos recebe poder. Se se concentrar em sua necessidade, por exemplo, enquanto ata uma folha a uma árvore, você acrescenta seu poder (invocado pela mente) ao encantamento.

O pensamento positivo é um exemplo do poder que a mente pode exercer sobre o mundo. Sabemos que o telefone, o avião, a lâmpada elétrica e tudo o mais que nós criamos começou com um pensamento. O pensamento foi mantido (concentração) até que pudesse ser transformado em manifestação (criação).

De modo semelhante, mantemos um pensamento (a necessidade) e enquanto isso utilizamos a emoção e o conhecimento para que essa necessidade possa se manifestar (criação).

Se não nos concentramos em nossa necessidade, a emoção oscila, o conhecimento se torna inútil e sem forças, e então seria melhor nem ter iniciado o encantamento.

A concentração é parte vital de qualquer encantamento. Apesar de algumas pessoas terem dificuldades em se concentrar devido ao dia-a-dia atribulado, um simples exercício, com perseverança, pode trazer ótimos resultados.

À noite, isolado de outras pessoas, luzes e ruídos, acenda uma vela branca e deite-se ou sente-se confortavelmente diante dela.

Relaxe seu corpo e olhe fixamente para a chama da vela, afastando quaisquer outros pensamentos.

Se não conseguir não pensar em mais nada além da vela brilhando no escuro por mais de dois minutos, você está no caminho certo.