Magia das Imagens

A magia de imagens surge como visões de desdenhosos bonecos de vodu repletos de alfinetes pretos. Temos que "agradecer" à mídia e a um século de propaganda fundamentalista por isso...

O tão famoso "boneco de vodu", que nem é ligado apenas àquela religião tão incompreendida nem tampouco é necessariamente um boneco, tem suas origens na magia de imagens, a qual é bem conhecida por todos os sistemas mágicos desde o início da história registrada.

Por toda a parte, foram feitas imagens – de diversos tipos de madeira, argila, chumbo, ouro e prata; gravadas em grandes folhas, cascas de árvore, peles de animais; moldadas em limões, cebolas, maçãs, ovos, nabos, castanhas, cocos, limas, batatas e a famigeradas da raiz de mandrágora.

Algumas vezes, a imagem era esculpida em grande detalhe, até mesmo as tranças do cabelo. Em outras, era uma rústica representação esculpida em superfícies planas, como as cascas de frutas, cascas de árvore ou mesmo na própria terra, rabiscada com as pontas dos dedos ou com bastões na areia.

Sejam quais forem as substâncias, ou os encantamentos, as imagens permanecem sendo um dos objetos mais utilizados na história da magia.

Hoje, após quase cinco mil anos de uso contínuo de uma técnica que remete a um período no qual vivíamos em cavernas, ainda carrega uma infundada reputação maligna.

Certo, a magia de imagens foi utilizada para propósitos negativos, mas do mesmo modo quase todos os outros tipos de magia também o foram. Sua contribuição mais útil às artes da magia foi permitir a nós que tivéssemos uma planta, um diagrama de nós mesmo ou daqueles para os quais queremos praticar magia.

A imagem realmente não se torna a pessoa representada; nenhuma imagem é batizada ou recebe o sopro da vida, como nos trabalhos mais obscuros.

As figuras ou imagens servem apenas como uma planta com a qual planejamos e geramos nosso futuro, sempre visando melhores condições.

Livros de magia que lotam as prateleiras de lojas de ocultismo atualmente estão repletos de magia com imagens, geralmente destinada a causar tortura ou morte, e os próprios bonecos podem ser normalmente adquiridos, pelo correio, com os alfinetes inclusos!

Mas nada disso será discutido aqui. Em vez disso, exploraremos os aspectos mais humanos, e os encantamentos – que são todos simples – são aqueles que vibram amor e cura, proteção e bênção.

Enquanto se supõe que a magia de imagens seja praticada com bonecos, velas com formatos ou recortes de papel, os três primeiros encantamentos aqui descritos funcionam melhor com um prato raso de terra úmida recentemente coletada. Antes de utilizar a terra, remova quaisquer pedras, ramos e outras impurezas.

Espalhe a terra úmida ou areia num prato redondo com cerca de 2,5 cm de profundidade. O prato deve ter preferencialmente 24 cm de diâmetro para se suficientemente espaçoso.

Esta será a "tela" sobre a qual desenhará sua imagem.

Seu instrumento de "escrita" será um ramo rígido, ou talvez um lápis apontado. Há milhares de anos utilizava-se um estilete e argila.

Se a terra estiver seca demais, pode-se acrescentar um pouco de água. Se for impossível obter terra limpa, recolha um pouco de areia (ou compre um pouco) e molhe até que se "ajuste", ou seja, até que mantenha um desenho nela feito.

Esses preparativos devem ser repetidos para cada magia de imagens que pratique. Devolva a terra utilizada após um encantamento feito a ela.

Obviamente, se puder praticar estes encantamentos no solo, os resultados serão ainda melhores, uma vez que este era o modo original. Os encantamentos serão levemente modificados, mas, uma vez mais, valem a pena.


Um Encantamento Básico da Magia de Imagens

Encha o recipiente com terra limpa e úmida. Com um instrumento de escrita (graveto, bastão ou lápis), desenhe o seu contorno na terra. Faça a figura de frente para você e certifique-se de desenhar a silhueta o mais parecido possível com seu próprio corpo; as partes salientes, as proporções das pernas e do corpo, a forma de sua cabeça e cabelo.

Não inclua características marcantes na figura; são desnecessárias. Se sua primeira tentativa não for satisfatória, apague com seus dedos e recomece.

Quando estiver satisfeito com a silhueta, desenhe imediatamente acima dela um símbolo representando sua necessidade.

Desenhe-o mais realista e perfeito possível. Quando estiver satisfeito com o resultado, deixe o instrumento de escrita de lado e sente-se em silêncio, contemplando a imagem. O símbolo sobre sua silhueta representa a necessidade se manifestando em sua vida.

Após alguns minutos, afaste se da imagem e limpe de sua mente quaisquer pensamentos relacionados ao encantamento.

Se necessário, remova cuidadosamente o vaso com terra e ponha-o longe de sua visão, certificando-se de que não altera a imagem nela contida. Duas vezes por dia, toda manhã e toda noite, contemple a figura por alguns minutos.

Após uma semana, despeje a terra de volta ao solo. O que tiver de ser, será.


Para Livrar-se de Algo Negativo

Desenhe uma imagem sua no solo. A seguir, em cima dela, desenhe um símbolo representando aquilo de que quer se ver livre.

Desenhe sobre sua imagem. Observe-o; o símbolo é parte de você como é agora.

A seguir, com golpes cuidadosos, apague completamente o símbolo com seus dedos. Certifique-se de que não altera seu contorno original; se isso ocorrer, redesenhe imediatamente.

Observe agora o novo você, livre do aspecto negativo e pronto para recomeçar sua vida.

Repita diariamente por sete dias.


Um Encantamento de Dieta

Desenhe um contorno da figura que deseja. Faça o mais perfeito possível (pode querer desenhar de perfil para determinar as proporções ideais).

A seguir, desenhe um contorno de si mesmo como está agora, ao redor de você perfeito.

Deixe-o de lado num local seguro até a próxima lua cheia.

Nessa noite, tire a imagem de seu esconderijo e, com seu dedo, diminua um pouco sua silhueta maior. Com efeito, você está simbolicamente removendo peso de sua silhueta.

Repita diariamente por catorze dias enquanto a lua míngua. No décimo quarto dia, você deverá ter apagado o você atual e deixado apenas o Eu perfeito.

Nesse período, obviamente,você deve ter se alimentado adequadamente e se exercitado. A magia exige apoio físico.

Se o encantamento não funcionar tão rápido (e geralmente não funciona), comece novamente na próxima lua cheia. Persevere, tente, e conseguirá.


Imagens de Maçã

A magia de imagem usa constantemente maçãs. Com uma faca afiada, esculpa na casca de uma maçã vermelha uma figura de sua necessidade. Exponha a polpa branco-amarelada sob a casca com sua escultura, de modo que o símbolo fique bem visível. Isto pode requerer certa prática.

Agora, após fitar o símbolo por alguns minutos, coma a maçã até o centro. Guarde as sementes e plante-as, se desejar. Assim como o símbolo passou a fazer parte de você fisicamente, também passará a necessidade que ele representa.

Use essa magia para trazer qualquer coisa a você.


Magia de Imagens para Os Outros

Lembre-se: devemos praticar magia para outras pessoas somente quando nos pedem, ou quando concordam.

Se houve qualquer coisa que um amigo precise desesperadamente, faça uma imagem dela. Utilize qualquer material, de folhas de prata a papel e caneta, tricô e crochê. Faça a imagem mais perfeita que puder e em seguida dê para a pessoa, de modo que o objeto (ou quantia) real ali representado possa ser atraído para essa pessoa.

Se alguém que você conhece estiver doente e pedir sua ajuda em magia, faça uma imagem dessa pessoa utilizando pano verde ou azul. Mesmo se não for habilidoso em costura, certamente você será capaz de cortar duas silhuetas humanas e costura-las uma à outra.

Pouco antes de costurá-la completamente, encha a imagem com ervas curativas. Feche então a imagem.

Coloque-a cuidadosamente entre duas velas azuis. Acenda as velas e, se possível, acenda um incenso de cura (pode-se fazer um com canela, botões de rosa e mirra) num incensário colocado atrás da imagem.

Durante toda a confecção do boneco, concentre-se na pessoa como se estivesse completamente curada, viva, bem e de volta ao normal.

Não visualize o mal ou a ferida; não pense nisso de modo nenhum. Expulse quaisquer pensamentos semelhantes de sua mente; veja a pessoa íntegra e bem novamente.

Após completar a imagem e colocá-la entre as velas, com a fumaça do incenso serpenteando atrás dela, diga o seguinte, ou qualquer outro apelo sincero:

EU CONFECCIONEI ESTA IMAGEM
QUE É A IMAGEM PERFEITA DE ... (NOME)
QUE FOI AFETADO E SOFRE COM ... (NOME DA DOENÇA OU PROBLEMA)
SEI QUE A TERRA PODE AJUDAR A CURÁ-LO(A),
ASSIM COMO CURA A AVE FERIDA,
E O PEIXE SUFOCADO.
TODO-PODEROSA MÃE TERRA,
VOCÊ QUE A TUDO CONTROLA,
LIVRE ... (NOME) DO QUE NÃO PODE SER CURADO DE NENHUM OUTRO MODO.


Qualquer pedido sentido será ouvido, por qualquer deidade. Após alguns minutos, apague as velas e cuidadosamente guarde todas as coisas.

Repita o processo sete dias seguidos, colocando a imagem entre as velas e repetindo as palavras acima ou semelhantes. Se nenhum resultado promissor surgir imediatamente, desmonte cuidadosamente a imagem, espalhe as ervas, enterre tudo na terra e faça uma nova imagem. Trabalhe nessa imagem precisamente como trabalhou na primeira.

Tais encantamentos, obviamente, devem ser utilizados apenas em conjunto com métodos de cura ortodoxos, ou quando tais métodos tiverem falhado.


Um Encantamento de Amor com Imagem

Este e outros encantamentos com imagens são muito populares atualmente, assim como sempre foram.

Esculpa, costure ou construa de algum modo uma imagem sua em plena forma, em termos físicos. Despeje nela todos os seus pontos positivos, assim como os negativos. Incorpore à imagem o seu espírito os negativos. Incorpore à imagem o seu espírito, sua força vital, seu ser total. Quando olhar para seu rosto (não importa quão mal-acabado ou rústico possa parecer), veja a sua própria face.

Ao terminar, coloque-a num lugar seguro. A seguir, com o mesmo material, faça uma imagem do seu amor ideal. Não precisa ser uma pessoa específica, é claro, mas sim um composto de tudo o que busca num homem ou mulher. Apesar de estar moldando apenas sua silhueta ou características rústicas, implante nela qualidades físicas, espirituais, emocionais, intelectuais e outras; hábitos e objetivos na vida; qualquer particular que lhe atraia ou lhe seja importante.

Após concluir ambas as imagens, apanhe uma linha rosa ou vermelha e amarre-a afrouxadamente juntas. Deixe-as em algum lugar onde não venham a ser incomodadas por várias semanas, mas não numa caixa ou outro local fechado. Alguém virá até você e então será por conta de vocês dois.

Encantamentos desta espécie costumam atrair muitas pessoas até você, e uma ou duas podem se tornar bons amigos. Um relacionamento mais pessoal pode surgir de uma dessas amizades, o qual pode eventualmente levar ao amor.

Se isso acontecer mas o relacionamento acabar, separe as imagens, desmonte cuidadosamente a do amor perfeito e comece de novo.

O mesmo se aplica caso não encontre nenhum amor, mas para tanto aguarde por ao menos três meses.

Um encantamento deste tipo não força a pessoa que você venha a conhecer a se apaixonar pro você, apenas expande seu círculo de amigos. Qualquer pessoa que você conheça não estará sob qualquer pressão ou força mágica para amá-lo. Isso você terá que fazer por sua conta.